quarta-feira, dezembro 06, 2006

Considerações sobre Órion

Além de Órion, a estrela, o tempo faz-se mero detalhe, e cavalga-se num cavalo alado puxado por corcéis de branca pelagem, e busca-se o riso, o esquecimento da dor, a mulher debruçada sobre a cama enfeitada, noiva eterna, risonha e esperançosa.

Além do céu, o profeta Elias não viu Deus nem viu as bolas de fogo conduzida por anjos, as quimeras que sempre me enganaram e que ali ainda existem, sorrateiras mãos, trilhas mal desenhadas, nuvens que parecem pequenos bichos e que eu via quando era criança.

E no trono, sobre Órion, sobre Vésper e a constelação de Touro, Capricórnio, Tau Ceti, o antigo de dias, o Senhor dos exércitos, tendo a sua direita o poder e o Verbo, o anel de luz, que a todos nós ilumina e transpassa, mas também eterniza, como estátua marcada a ferro e fogo, como um poema.

4 comentários:

Venezina ou AVeneziana disse...

Suponho que nunca aqui vim ...
Mas foi um prazer.
Curiosamente escrevi sobre constelações e estrelas ...
e sobre Hercules ... por ai...

Voltarei se te não incomodar!

Bj de Mel
(www.noitedemel.blogs.sapo.pt)

Pf usa este link, porque mudei para o sapo ...

katia disse...

Vim retribuir a sua visita e dizer que concordo plenamente com o seu comentário no meu blog. De muito bom gosto seu espaço. Bom restinho de semana e seja sempre bemvindo no meu cantinho de desabafo.

Anônimo disse...

Caro Phylos,

Muito obrigada pela tua visita ao meu espaço e pelas simpáticas palavras que lá deixaste.

Ainda bem que o fizeste já que, desta forma, deste-me a oportunidade de retribuir a visita e ficar a conhecer o teu blogue que, contrariamente ao que dizes no perfil, deixa perceber como dominas com talento a escrita. Também as imagens que juntas aos textos são muito bem escolhidas.

Resumindo: o conjunto conquistou-me. Vou passar por aqui mais vezes e, para que não falhe, vou desde já adicionar-te nos meus links preferidos,

Um beijo.

M5Sol disse...

Muito obrigada pela visita, que me dei a hipótese de conhecer este cantinho de palavras, que achei muito interessante.
Hei-de voltar.