segunda-feira, fevereiro 05, 2007

CORES E SABORES DE ANDRADINA

Às vezes sonho com uma praça e noites de calor,
Um cheiro de jasmim que parece vir de todos os lados
As tartarugas e as carpas no laguinho colorido da estação
A mão firme de minha mãe me guiando pela noite escura.
Às vezes sonho com o sitio, as frutas maduras e do cheiro
Invadindo a casa em pleno verão, tomando água do poço
Correndo pelo quintal imenso, palco dos meus brinquedos
Dos meus amigos invisíveis.

7 comentários:

Claudia Sousa Dias disse...

Hummm...!

Um post com cheiro a verde e a liberdade!


CSD

Juliana Marchioretto disse...

Lembrei do sítio que meu avô morava, em Porto Feliz..

beijo

zingarah disse...

Cores, cheiros e sabores jamais nos abandonam...são memórias vivas. Abs!

Betty Branco Martins disse...

Olá Phylos

Parabéns pela tua escrita.

Fiz uma viagem pelo teu "espaço" e adorei!

Beijinhos com carinho

Ana disse...

As cidades do interior parecem ter mesmo uma certa magia. Essas cores, aromas, sabores...a pracinha...as tartarugas e carpas...o chafariz e sua festa de luzes...Também tive a alegria de viver momentos como esses na infância.

Paula Negrão disse...

quase pude sentir o cheiro das plantas daqui.

beijo

Claudia Sousa Dias disse...

Parabéns!

Está tão belo o texto como a imagem!


CSD