domingo, junho 14, 2009

Frei Manoel Vicente

(Foto de Mauro Pereira da Silva)
Clique na imagem para aumentar


Frei Manoel Vicente acordava cedo e dormia tarde.
Sussurrava sozinho preces malucas onde Deus era sempre menino.
Abençoava burros, cavalos, bugres que infestavam aquela terra de Santa Cruz
E em meio a flechas e rios, portugueses e franceses, índios e tapires
Costumava rir à tardinha, quando o sol derrubava seus raios pras bandas
Do mar.
O espírito do Senhor pairava sobre sobre as águas.

2 comentários:

Papoila disse...

Mauro
As tuas fotos são uma delícia em harmonia com as palavras.

Um Abraço deste lado de cá do Atlantico

BF

Lucília Ramos disse...

Estou a gostar de ler os pequenos textos e ver as imagens muito sugestivas.

Abraço, Mauro!
Vou ver o outro blogue...
Lucy